sexta-feira, 27 de agosto de 2010

quarta-feira, 25 de agosto de 2010

Somos Mamíferos - assista o filme no youtube

http://www.youtube.com/watch?v=mFM6ZulRufY

http://www.youtube.com/watch?v=51RrG0u3eII

Presidente Lula assina decreto que assegura o direito à alimentação

Presidente Lula assina decreto que
assegura o direito à alimentação
O presidente Luiz Inácio Lula da Silva assina, às 18h desta quarta-feira (25), em Brasília, o decreto que institui a Política Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional. O documento define forma de gestão, financiamento, avaliação e controle social e busca assegurar o direito à alimentação adequada e saudável em todo o país, conforme prevê a Constituição Federal e a Lei Orgânica de Segurança Alimentar e Nutricional (Losan).
Essa política - iniciativa inovadora que visa fortalecer as estratégias de combate à fome - vai articular e integrar programas de diversos setores, garantindo o acesso aos alimentos e à água, e respeitando os aspectos regionais, étnicos e culturais. Um dos focos de prioridade são os brasileiros em situação de insegurança alimentar. Os principais programas que a compõem são o Programa de Aquisição de Alimentos, o Programa Nacional de Alimentação Escolar, o Programa Cisternas e as iniciativas de fortalecimento da agricultura familiar
No decreto presidencial, também consta a forma de adesão de Estados, municípios e entidades ao Sistema Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional, que, entre outras medidas, estimulará a integração de esforços de governos e sociedade na gestão intersetorial e participativa para a execução de políticas que promovam o direito à alimentação. A assinatura faz parte das atividades da XVIII Reunião Plenária do Conselho Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional (Consea). Estarão presentes todos os conselheiros e observadores, além dos presidentes de conselhos estaduais.
A presidente da Câmara Interministerial de Segurança Alimentar e Nutricional e ministra do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), Márcia Lopes, e o presidente do Consea, Renato Maluf, também participam do evento. A solenidade contará com a presença de ministros, governadores e representantes de organismos internacionais, como a Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultur a (FAO).
Fome Zero - O governo federal, por meio da estratégia Fome Zero, priorizou as políticas voltadas para o combate a fome e a garantia do direito humano à alimentação. Criou os Programas de Aquisição de Alimentos (PAA), a Rede de Equipamentos Públicos de Alimentação e Nutrição e ampliou significativamente o investimento público, levando praticamente à universalização programas como o Bolsa Família, o Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) e o Programa Nacional de Apoio a Agricultura Familiar (Pronaf).
O Sistema Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional (Sisan) foi criado para dar maior institucionalidade, maior integração dos programas, articular as três esferas de governo e garantir maior participação e controle social. O resultado dessas ações, principalmente a partir do MDS, fez o Brasil tornar-se referência mundial no combate à fome.
Este ano, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi condecorado pela Organização das Naçõe s Unidas (ONU) com o título de "Campeão Mundial na Luta Contra a Fome". Em 2009, durante a Cúpula Mundial da Alimentação, em Roma, o país também foi premiado pela ONG Action Aid com o primeiro lugar entre os países em desenvolvimentos na mesma iniciativa.
Assinatura de Decreto que institui a Política Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional
Dia: 25 de agosto (quarta-feira)
Hora: 18h
Local: Palácio do Itamaraty, Auditório Wladimir Murtinho, Brasília
Informações
Marcelo Torres - Ascom/Consea
(61) 3411-2576 | 9962-035
Adriana Scorza/Dimas Ximenes - Ascom/MDS
(61) 3433-1052
www.mds.gov.br/saladeimprensa
Fonte: Assessoria de Comunicação do CONSEA/ MDS

terça-feira, 24 de agosto de 2010

Curso de Doula

Caríssimas(os):
Devido à intensa procura e ao sucesso das duas formações anteriores - em Pelotas e Porto Alegre - estaremos abrindo inscrições para um novo CURSO DE CAPACITAÇÃO de DOULAS em Porto Alegre.
DATA: 1, 2 3 e 4 de outubro 2010
ONDE: Porto Alegre - RS
LOCAL: A confirmar (provavelmente o mesmo espaço do curso anterior)
FACILITADORES: Ricardo Jones, Zeza Jones, Lucia Caldeyro
CONTATOS:
Zezé: (51) 91236136 - 30131344
Zeza: (51) 99511124
Conteúdos debatidos durante o curso:
(a propósito, vejam o item 11 do subtítulo IV)

I - CONHECENDO A DOULA

  1. História das doulas no Brasil e no mundo.
  2. Apoio da mulher para a mulher.
  3. Os benefícios do acompanhamento do parto, em especial por doulas.
  4. A relação da doula e a gestante.
  5. A relação da doula e a família.
  6. O impacto da doula nas vidas das famílias a que prestaram apoio.
  7. A relação da doula com o local de nascimento e com a equipe de saúde envolvida.
  8. Código de ética e normas de conduta.
  9. Atribuições e limites da atuação da doula
  10. Tipo de doulas e campo de atuação.
  11. Identificando os objetivos pessoais e profissionais de tornar-se uma doula.

II - CONHECENDO SEUS CLIENTES

  1. A entrevista inicial.
  2. Identificando as necessidades de um cliente.
  3. Fornecendo opções - informações sobre recursos para a gestação e parto na sua região.
  4. Ajudando a gestante a formular um roteiro de preferências para o parto (plano de parto).
  5. Avaliando as expectativas mútuas.

III - CONHECENDO A FISIOLOGIA DO APARELHO REPRODUTOR E DA GESTAÇÃO

  1. Noções de anatomia e fisiologia do aparelho reprodutor.
  2. Bacia pélvica.
  3. Assoalho pélvico.
  4. Terminologia da reprodução.
  5. Revisão do desenvolvimento fetal.

IV - CONHECENDO O TRABALHO DE PARTO E O NASCIMENTO

  1. Antropologia do nascimento
  2. Diversidade cultural - crenças e costumes de parto no mundo
  3. Sexualidade e parto.
  4. Devolvendo à mulher o poder de parir.
  5. Recomendações OMS e MS para trabalho de parto e parto.
  6. Noções de anatomia e fisiologia do trabalho de parto e parto.
  7. Tipos de parto.
  8. Procedimentos médicos mais utilizados indução, episiotomia, etc. Evidencias cientificas.
  9. A fisiologia da dor do parto.
  10. O impacto emocional do trabalho de parto e nascimento na mãe e seu companheiro.
  11. Doulas e Amamentação (!!!)

V - CONHECENDO A ARTE DO ACOMPANHAMENTO DO PARTO

O Trabalho de Parto

1. O conforto no parto - o que dizem as pesquisas.

2. Comparando métodos de alívio farmacológico e não-farmacológico da dor

3. O uso da analgesia de parto.

4. O apoio da doula quando há analgesia do parto.

5. Métodos de relaxamento e respiração para o trabalho de parto.

6. Benefícios das posições alternadas da progressão do bebê pelo canal de parto. Movimentações e deambulação.

7. Tocar. Mão amiga.

8. Técnicas de massagem para o alívio e conforto no trabalho de parto

9. Uso do calor e frio para o conforto no trabalho de parto.

10. Técnicas de visualização para o conforto no parto.

11. A música no trabalho de parto e nascimento.

12. A atuação da doula em diferentes situações de parto.

O Nascimento

1. O período expulsivo - descida, puxos, nascimento

2. As posições para o parto.

3. Protegendo o períneo.

4. A episiotomia.

5. A doula no parto natural e no parto com analgesia.

O Bebê

1. As primeiras horas de vida do bebê.

2. Primeiros cuidados. Rotinas e atendimentos humanizados.

3. As capacidades do RN como fator de vinculação precoce.

4. O ciclo de sono e vigília do RN.

5. Bebês prematuros.

6. Perdas fetais.

Acolhendo a Família

1. Recebendo o bebê.

2. Favorecendo o encontro, o vínculo e a amamentação.

3. Rotinas neonatais.

4. Papel da doula no pós-parto imediato.

5. Elaborando a vivencia do parto.

6. Preservando a memória do parto;

7. As diferenças na adaptação do homem e da mulher ao papel de pais.

8. Blues pós-parto, depressão e psicose puerperal - definições, alternativas de tratamento. sinais de alerta e intervenção.

Lidando com o Inesperado

1. O papel da doula no parto difícil, prolongado ou quando há uma emergência.

2. O papel da doula na cesariana.

3. Adaptando a atuação da doula no atendimento a mulheres com necessidades especiais (adolescentes, portadoras de DSTs, vítimas de abuso sexual ou violência doméstica, portadoras de deficiências físicas, no nascimento de bebês com anomalias genéticas).

4. Ajudando a família a processar a vivência do inesperado.

VI - CONHECENDO MEIOS DE INICIAR UMA PRÁTICA COMO DOULA

  1. Onde trabalhar.
  2. Como divulgar o trabalho
  3. Estabelecendo e mantendo relacionamentos profissionais.
  4. Organizações profissionais que treinam e dão apoio as doulas
  5. Criando uma rede de apoio de amigos e colegas.
  6. Documentando o trabalho.

CONHECENDO AS EVIDÊNCIAS CIENTIFICAS DOS BENEFÍCIOS DA PRESENÇA DA DOULA PARA A MÃE, PARA O BEBÊ, PARA OS VINCULOS FAMILIARES. VANTAGENS PARA A INSTITUIÇÃO E PARA O SISTEMA DE SAÚDE.

sábado, 7 de agosto de 2010

Congresso de Bancos de Leite Humano


Congresso de Bancos de Leite Humano

Estimados amigos,

Com muito orgulho encaminho o primeiro informe sobre o nosso evento que será realizado em outubro de 2009. O Congresso será um oprotunidade de reforçar o nosso compromisso com os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio e de discutir oportunidades de aprimoramento. Nosso trabalho é a nossa força. 135 mil recém-nascidos/ano e 1.350.000 atendimentos/ano são marcas assistenciais incomparáveis e únicas da RedeBLH-BR. Essa é uma construção coletiva, participem!

João Aprigio

CONGRESSO IBEROAMERICANO DE BANCOS DE LEITE HUMANO

III CONGRESSO INTERNACIONAL DE BANCOS DE LEITE HUMANO

V CONGRESSO BRASILEIRO DE BANCOS DE LEITE HUMANO

O Compromisso dos Bancos de Leite Humano com os ODMs – Saúde ( versão preliminar )

Eventos Satélite:

Encontro iberoamericano de BLH

II Fórum latinoamericano de BLH

VII Encontro de Rede Brasileira de BLH

VII Encontro de Vigilância Sanitária em BLH

Fórum latinoamericano de Políticas Públicas em Aleitamento Materno

Simpósio de Enfermagem em BLH

Simpósio de Nutrição em BLH

Simpósio de Pediatria em BLH

Simpósio de Pesquisa e Desenvolvimento Tecnólogico na Rede BLH

Simpósio de Comunicação e Informação em BLH

III Encontro de Bombeiros em BLH

Reunião de primeiras damas em apoio aos BLH

HOMENAGENS:

Diplomação dos consultores da RedeBLH

Entrega do prêmio rede BLH – Distinção por Louvor


Fonte: http://mamamiaamamentar.wordpress.com/2009/02/27/congresso-de-bancos-de-leite-humano/

VIII Encontro Nacional Sobre o Bebê





O VIII Encontro Nacional Sobre o Bebê acontecerá em São Paulo, entre os dias 12 e 15 de novembro de 2010.



Fonte: http://www.abebe.org.br/encontro2010/index.asp

quinta-feira, 5 de agosto de 2010

Amamentar é um ato pessoal. Incentivar é uma atitude profissional.





Fonte: http://portal.saude.gov.br/portal/saude/area.cfm?id_area=1700

Confira a propaganda do Ministério da Saúde que vinculou na televisão e em outros meios de comunicação.

video