quinta-feira, 1 de setembro de 2011

Fralda Descartável ou Fralda de Pano?


Já está no Portal Grávida e Cia o novo texto na minha coluna: Fralda Descartável ou Fralda de Pano?

Muitas mães preferem utilizar as fraldas descartáveis em seus bebês devido à praticidade que elas fornecem, porém, apesar dessas fraldas serem mais práticas elas podem causar alergia e irritação na pele sensível do bebê, sem falar que o uso em grande quantidade das fraldas descartáveis atualmente se tornou também preocupante para a situação ambiental do nosso planeta.

A maioria das pessoas não sabe, mas um bilhão de árvores são usadas, no mundo inteiro, anualmente, só para suprir a indústria de fraldas! Após sua utilização, as fraldas ainda levam em média 450 anos em sua decomposição.

Usar fraldas de pano também representa economia para a família, pois uma criança utiliza é média 5500 fraldas descartáveis durantes seus primeiros dois anos de vida!

No Brasil, apenas 27% das crianças de 0-30 meses usam fraldas descartáveis, mesmo assim são descartadas:


- 204 fraldas por segundo
- 12. 240 fraldas por minuto
- 734.400 fraldas por hora
- 17.625.600 fraldas por dia

Preocupadas com esses dados, muitas empresas estão investindo no mercado sustentável, é possível adquirir fraldas de pano em lojas com produtos de puericultura e até comprar pela Internet.

Como se deve realizar a troca da fralda e higienização do bebê?
  • Para prevenir a alergia e a irritação na pele do bebê a troca das fraldas deve ocorrer pelo menos oito vezes por dia, no mínimo.
  • Deve-se utilizar algodão umedecido em água morna e limpar de cima (no sentido da região genital) para baixo para evitar contaminação de resíduos das fezes nas genitais do bebê.
  • Para cada passada use um algodão umedecido.
  • Seque toda região antes de colocar a fralda.

Maylu Souza
Enfermeira Pós-graduanda em UTI Neonatal e Pediátrica, Especialista em Obstetrícia, Saúde Pública e Docência do Ensino Superior. Professora de Enfermagem da Faculdade de Tecnologia e Ciências (FTC) e da Escola Técnica de Enfermagem de Itabuna (ETEI). Já atuou como Doula no Hospital Manoel Novaes e foi Enfermeira da Maternidade Ester Gomes. Enfermeira do HIPERDIA (Programa de Hipertensão e Diabetes). Membro da Sociedade Brasileira de Obstetrícia e Ginecologia da infância e adolescência (SOGIA). Realiza atendimento domiciliar (Home Care): Consultoria em Aleitamento Materno, Orientações e cuidados gerais de Puerpério e com o Recém-Nascido, Drenagem Linfática na Gestação e Pós-Parto, Massagem Terapêutica para Gestantes e Shantala.
(73) 8863 - 7798
Fonte: www.maylu.com.br

3 comentários:

  1. Sinceramente não sei o que é pior, as fraldas descartáveis ou a quantidade de água que se gasta para lavar as de pano. Isso sem falar na água que é eliminada da lavagem que contém resíduo de produtos de limpeza. Alguém já parou para pensar nisso?
    O melhor mesmo seria a indústria de fraldas pensar numa forma de fazê-las recicláveis ou biodegradáveis como as sacolas plásticas de supermercado.
    Pronto falei!

    ResponderExcluir
  2. Oi ManuRosa,
    Realmente o ideal seria que as indústrias fizessem fraldas recicláveis ou biodegradáveis no lugar das descartáveis... mas como infelizmente isso ainda não é possível acho que cabe aos pais optar pela escolha que mais seja adequada ao seu estilo de vida, sem esquecer das consequencias ao meio ambiente... mesmo porque os resíduos das lavagens de roupas (fraldas ou não) já é eliminado no meio né?

    ResponderExcluir
  3. hoje em dia as fraldas de pano, estão modernas.São econômicas e compenssa ter bastante delas,e quando estiverem sujas lavar todas de uma só vez, para não gastar tanta água.O IDEAL É LAVAR ELAS, COM SABÃO DE COCO, E TAMBÉMAS ROUPINHAS DO BEBÊ, COM SABÃO DE COCO, PARA EVITAR ALERGIA,E ASSADURA NO BEBÊ, APESAR QUE AS FRALDAS DE PANO SÃO MAIS PROPÍCIA PARA A PELE DO BEBÊ, ELAS EVITAM ASSADURA, ALERGIA E INFECCÃO URINÁRIA.

    ResponderExcluir